domingo, 13 de março de 2011

Dionísio Azevedo - 1922/1994

Taufik Jacob nasceu em 1922, em Minas Gerais. Começou a trabalhar em rádio em 1941, na Rádio Record. Em 1950, estreou no teatro. Em 1951 estreou na TV na primeira novela, na TV Tupi: Sua Vida Me Pertence, de Walter Foster. Nesse mesmo ano, nasceu seu filho Dionísio Jacob (com a também atriz Flora Geny - 1929/1991). Abaixo, o casal Dionísio e Flora:


Outras novelas de sucesso do ator Dionísio Azevedo:

1968 - A Pequena Órfã: novela escrita por Teixeira Filho e dirigida por Dionísio Azevedo, que também fazia o papel de Velho Gui (ele tinha 46 anos). Na foto abaixo, Dionísio e Marize Ney:


Durante muito tempo, ele dirigiu novelas, como Os Deuses Estão Mortos (Record, 1971), O Príncipe e O Mendigo (Record, 1972), Jerônimo, O Herói do Sertão (Tupi, 1973) e outras...

1977 - Dona Xepa: novela escrita por Gilberto Braga, para a TV Globo:


1978 - O Astro: nessa novela escrita por Janete Clair, Dionísio Azevedo era Salomão Ayala, casado com Clô (Tereza Rachel) e pai de Márcio (Tony Ramos). Nessa época, a pergunta era: "quem matou Salomão Ayala?". E a resposta: foi Felipe Cerqueira (Edwin Luisi), amante de Clô. Abaixo, Dionísio e Tony Ramos:


1979 - Pai Herói: nessa novela, também escrita por Janete Clair, Dionísio era Nestor;

 1980 - Meu Pé de Laranja Lima (Bandeirantes);

1981 - Os Imigrantes (Bandeirantes)

1983 - Pão Pão Beijo Beijo (Globo) e Champagne (Globo);

No cinema, dirigiu em 1957 a primeira versão de Chão Bruto e como ator participou de grandes produções como O Pagador de Promessas(1962), Independência ou Morte (1972) — do qual também colaborou no roteiro —, Lampião, O Rei do Cangaço (1964), O Santo Milagroso(1966), O Caçador de Esmeraldas (1979), A Marvada Carne (1985) e a comédia Sedução (1974), de Fauzi Mansur.



Um comentário:

  1. eta saudades de um grande ator entre outro.dionizio azevedo para mim o eterno velho gui.

    ResponderExcluir