terça-feira, 26 de julho de 2011

A Jovem Guarda (Parte 1 - 1958)


O ano era 1958. O menino paulista tinha apenas 12 anos, mas já se apresentava em programas de TV (Clube do Papai Noel, da Tupi) e agora fazia sucesso com a música Canção do Jornaleiro, se apresentando todo sujo (da "tinta" do jornal A Noite) e rasgado, como se fosse um pobre menino. Mal sabia ele que participaria de um dos movimentos da música brasileira...Seu nome? Wanderley Conti Cardoso.

Assim, como ele, muitos jovens ansiavam por "algo novo", naqueles idos de 1958. E o rock'n'roll parecia a resposta para essa busca. Mal visto pelos "mais velhos", o rock cada vez mais atraía os jovens, apesar de apenas estar engatinhando. E a TV Record, antenada com a novidade trouxe, em abril, o "pai do rock", Bill Haley and His Comets:

http://www.youtube.com/watch?v=YH--VHMrxGQ&feature=related

Bill Haley (1925/1981) chamava-se William John Clifton e já havia feito música country, mas foi com Rock Around the Clock (1954) que ele atingiu o estrelato:

video

E quando veio ao Brasil, em 1958, Bill Haley já era famoso. Mas sua vinda "detonou" a "febre do rock", que já estava pronta para começar...

Ainda em 1958, Roberto Carlos (então com 17 anos) conheceu Erasmo Carlos (Erasmo Esteves, que tinha a mesma idade). Logo eles formaram a banda The Sputniks, com Tim Maia (Sebastião Rodrigues Maia, tinha 16 anos). Mas Roberto logo saiu dela, após brigar com Tim.

Foi também em 1958 que os irmãos Ronaldo Correa Jose Maria (16 anos) e Roberto Correa Jose Maria (18 anos) se uniram a Valdir Anunciação (17 anos), para fazer um trio vocal. Logo, Renato Correa Jose Maria (14 anos), irmão de Ronaldo e Roberto, se uniu ao trio, e criaram o Quarteto Estrela. Em julho, o Quarteto Estrela ganhou o primeiro prêmio, num concurso de rádio, e se tornaram The Golden Boys.


Enquanto isso, Roberto Carlos e Carlos Imperial (23 anos em 1958) criavam Os Terríveis, uma banda que fazia rock, mas não aceitava cigarro, nem bebidas e muito menos envolvimentos entre os membros: era uma "banda certinha". Na foto abaixo, Roberto Carlos é o da direita:


Em setembro de 1958, os Golden Boys gravaram seu primeiro disco, onde tinha a música Meu Romance com Laura, que foi aproveitada para o filme Cala a Boca Etelvina (1959), com Dercy Gonçalves:


video

Outros nomes que começavam a despontar, naquele longínquo 1958:


Sérgio Murilo Moreira Rosa: nasceu em 1941 (tinha 17 anos em 1958), e começou sua carreira em 1953;


Sérgio Beneli Campelo: nasceu em 1936 (tinha 22 anos em 1958) e fez sucesso como Tony Campello.


Célia Beneli Campelo: nasceu em 1942 (tinha 16 anos em 1958) e fez sucesso como Celly Campello. Era irmã de Tony.

Nenhum comentário:

Postar um comentário